Dieta do Ovo

Dieta do Ovo
5 (100%) 1 vote

Estudos realizados em vários países, mostram que o ovo é uma excelente opção para quem quer desfilar com uma silhueta fininha. Isso é o que garantem pesquisadores da Wane State University, nos Estados Unidos. Eles comprovaram que consumir ovo no café-da-manhã deixa você com menos fome durante todo o dia. Ou seja, você consome menos calorias e emagrece! Além disso, o ovo traz benefícios como prolongar a juventude e melhorar a memória.

De acordo com nutricionistas, o ovo é uma fonte completa de nutrientes. A gema, por ser rica em gorduras boas (monoinsaturada e ômega-3), ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue, diminuindo e muito! os ataques de gula. Já a clara contém bastante leucina, um aminoácido que evita a perda de massa magra. Isso quer dizer que o ovo inteiro permite você emagrecer sem ficar flácida. Novas pesquisas já provaram que não há relação entre a gordura presente na gema do ovo e o aumento das taxas de colesterol ruim no organismo. Antes tida como a parte mais temida do ovo, depois que perdeu a fama de vilã, a gema ganhou o status de funcional.

Ela tem vários antioxidantes (vitaminas A e E, zinco, ferro, selênio e vanádio), substâncias com o poder de combater o envelhecimento das células. O ovo é uma fonte de proteína maravilhosa e substitui a carne vermelha por esta razão. Para contar com esses benefícios, o ideal é incluir ao menos um ovo (de galinha) por dia na sua alimentação o de codorna é ainda mais rico em colesterol comparado com o de galinha. Em cada 50 gramas (o equivalente a cinco ovinhos), há 422 miligramas da substância. Mas não é só esse benefício, ele também tem maior quantidade de fósforo e ferro do que seu concorrente e só perde no quesito vitamina A.

Apesar da digestão mais lenta, o ovo pode ser ingerido no jantar e é um ótimo substituto para as carnes vermelhas (principalmente entre as pessoas de idade mais avançada e com dificuldade para mastigar). De acordo com nutricionistas, o ovo é uma fonte completa de nutrientes. A gema, por ser rica em gorduras boas (monoinsaturada e ômega-3), ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue, diminuindo e muito os ataques de gula.

Já a clara contém bastante leucina, um aminoácido que evita a perda de massa magra. Isso quer dizer que o ovo inteiro permite você emagrecer sem ficar flácida. Mas minha recomendação é consumo de um ovo no café da manhã, porque ele traz saciedade e evita que o paciente fique beliscando. Quanto à cor da casca, não há com o que se preocupar: ela indica apenas a cor da galinha. As brancas põem ovos brancos, as vermelhas põem ovos vermelhos. E não há diferença nutricional relevante entre os ovos de granja e os chamados caipiras, que têm uma coloração mais amarelada. Isso se deve ao tipo de alimentação. Galinhas caipiras são criadas soltas e comem o que encontram pela frente, incluindo vegetais mais coloridos, enquanto as de granja se alimentam apenas de ração.

Dieta do Ovo: Cardápio

Portanto a dieta do ovo  deve-se  comer 1 ovo no café-da-manhã, já que por ser uma completa fonte de proteína e possuir uma estrutura complexa, demora mais para ser digerido e isso nos garante a sensação de saciedade por mais tempo.

A gema como a clara podem e devem ser consumidas já que cada uma aponta seus nutrientes por exemplo: a gema possui vitaminas A e E, zinco, ferro, selênio e vanádio, além de equilibrar os níveis de açúcar no sangue e a clara é rica em gorduras boas.

Estudos comprovaram que não há vínculos entre o colesterol e a gordura encontrada no ovo.

Mas não devemos abusar do consumo, 1 ovo por dia é o suficiente, frite em 1 frigideira antiaderente, e nada de muito óleo de preferência use azeite ou então coma cozido.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*